Conecte-se conosco

Televisão

Globo deveria agradecer SBT e Record pela audiência de “Amor de Mãe”

Record e SBT levaram ao público do Rio de Janeiro na noite desta terça-feira o mesmo produto: futebol. Do lado de Edir Macedo, o campeonato carioca. Do lado de Silvio Santos, a terceira fase da etapa preliminar da Copa Libertadores. Tudo o que a Globo pediu a Deus, é claro

Às 22h03, com bola rolando nas duas concorrentes, “Amor de Mãe” encheu o fundo da rede com 45 pontos de audiência, ante 6,4 da Record e 2,6 do SBT. Às 22h32, com a ajuda do intervalo dos jogos, um golaço ainda maior: 45,7 pontos, ante 4,6 do cotejo estadual e 2,7 do continental.

Futebol não dá audiência por osmose. O resultado do SBT, na verdade, nem é o mais pavoroso da noite. Um jogo do Santos só brigaria pela vice-liderança em São Paulo. Surpreendente é que alguém tenha levado a sério a hipótese de Fluminense x Macaé vingar contra a reta final da novela e o BBB mais comentado dos últimos anos.

Ano passado, com a loucura da MP do mando de jogo e a saída de cena da Globo, criou-se a ideia de que o Campeonato Carioca era maior que seu exibidor. Para uma final de campeonato com Flamengo e Fluminense, depois de um longo período sem jogos transmitidos na TV, a premissa pode parecer confiável. E só nessa situação mesmo.

A Globo economiza e agradece.

Mais Lidas