Conecte-se conosco

Televisão

30 clipes que fizeram história no Disk MTV

Maior audiência da programação diária da MTV Brasil, o Disk MTV permaneceu na programação da emissora entre 1990 e 2006, quando o manda-chuva da época, Zico Goes, encasquetou que o videoclipe estava acabado e que o YouTube engoliria o mercado musical imediatamente — nada disso aconteceu, mas toquemos o barco.

O Teleguiado recorda abaixo clipes que fizeram história na parada videoclíptica mais memorável da TV brasileira.

***

Bart Simpson
“Deep Deep Trouble”
Primeira série animada desde os clássicos da Hanna Barbera a realmente incomodar as produções de carne e osso, “Os Simpsons” ganhou, em 1990, um disco. Dentre os singles de “The Simpsons Sing The Blues”, um se destacou na parada da MTV Brasil: “Deep Deep Trouble”. Foram quase dois anos entre os mais pedidos.

***

Daniela Mercury
“O Canto da Cidade”
Em 1999, para subir no ibope, a Abril pediu para a direção da MTV abrir edições do “Supernova” dedicadas à música popular brasileira. Muita gente, na época, entendeu aquilo como uma nova estratégia. Era, na verdade, um retorno às origens. Daniela Mercury permaneceu o último trimestre de 1992 ativíssima no Disk, colocando “O Canto da Cidade” à frente de sucessos do Skid Row e do Sepultura. Outros registros relevantes da cantora: 4º lugar com “Santa Helena”, em 2000, e 3º lugar com “Pérola Negra”, também em 2000.

***

Guns N’ Roses
“November Rain”
Banda mais pedida da década de 90, o Guns conseguia colocar até quatro clipes entre os mais pedidos. “November Rain” fez história por alienar a parada — foram meses em primeiro lugar — e por bagunçar a programação da MTV. Muito extenso, ele comprometia a duração do Disk quase todos os dias.

***

Backstreet Boys
“Show Me The Meaning Of Being Lonely”
Três meses praticamente consecutivos em primeiro lugar. A trajetória de “Show Me The Meaning Of Being Lonely” tirou a graça do Disk nos anos 2000. As raras derrotas aconteceram para “If Only” e “Otherside”. Na semana de sua despedida, mesmo três dias longe da parada, foi o quinto clipe mais pedido no Top 20.

***

Michael Jackson
“Black Or White”
A MTV não teve a honra de estrear “Black Or White” no Brasil — coube ao “Fantástico” a responsabilidade –, mas exibiu o clipe em praticamente todas as faixas. De madrugada, a versão proibida, com Michael quebrando tudo. No resto do dia, a versão comercial. Como não existia Disk MTV na época de “Thriller”, tornou-se o grande sucesso do cantor na Professor Afonso Bovero.

***

Madonna
“Take A Bow”
Ninguém supera Madonna quando a métrica é clipes exibidos no Disk MTV. De “Erotica” a “Jump”, todas as produções da rainha do pop encontraram endosso do público. Dos muito sucessos, um chamou atenção pela ousadia. Rejeitado nos EUA, “Erotica” era carne de vaca na programação da MTV Brasil.

***

Skid Row
“Wasted Time”
Não sei se a Astrid gostava de Skid Row, mas em 1991 nenhum clipe foi mais anunciado por ela que “Wasted Time”.

***

Spice Girls
“Holler”
O retorno das Spice Girls foi o grande acontecimento da música pop em 2000. A comoção em torno da chegada de “Holler”, primeiro clipe das garotas desde a saída de Geri Halliwell, congestionou o (11) 5180-3333. Resultado: o clipe, lançado numa quinta-feira, liderou o Disk de sexta e o Top 20 de sábado.

***

Skank
“Resposta”
Eis a banda nacional mais pedida da história do Disk MTV, superando Chico Science e Legião Urbana.

***

Nirvana
“Come As You Are”
Da safra de 1992, o clipe rivalizou, em número de aparições, com “Smells Like Teen Spirit”, considerado o maior hit da banda.

***

Offspring
“Pretty Fly”
Primeiro single de “Americana”, excelente álbum do Offspring que todo mundo nascido entre 1985 e 1990 comprou, “Pretty Fly” reinou no Disk em 1999.

***

Smashing Pumpkins
“Tonight, Tonight”
Direto do Lado B, programa dos clipes alternativos, para a roda de rock. O Smashing Pumpkins fez a festa no Disk, especialmente entre 1996 e 2000. “Tonight, Tonight” é contemporâneo de “Garota Nacional”, do Skank. Semana sim, semana não, eles estavam no topo da parada diária e do Top 20 Brasil.

***

Celine Dion
“My Heart Will Go On”
Trilha de “Titanic”, “My Heart Will Go On” entrou para a história do Disk por ser um canhão de audiência. O programa, que sempre se esgueirou entre 1 e 2 pontos de ibope, batia Manchete e Band quando exibia o chororô de Celine Dion. Era, independente da posição em que era exibido, um chamariz.

***

Racionas
“Diário de um Detento”
Em 2013, a MTV escolheu um clipe de Chico Science para dar adeus. Eu escolheria “Diário de um Detento”. Vencedor do VMB 98, o Racionais trouxe o rap da periferia para o topo da parada, algo inédito àquela altura.

***

Raimundos
“Mulher de Fases”
Bateu “I Want It That Way” dos Backstreet Boys e vendeu 200 mil cópias em um mês. Só isso.

***

Charlie Brown Jr.
“Rubão”
O Charlie Brown Jr. fez os grandes clipes do rock nacional de 2000 para cá. Faz falta demais.

***

Daft Punk
“One More Time”
Fenômeno nas rádios FM, “One More Time” chegou à MTV em 2001, com algum atraso, para recolocar os clipes do AMP, programa de música eletrônica, no mapa da audiência. Desde “Smack My Bitch Up”, do The Prodigy, isso não acontecia.

***

Britney Spears
“I’m A Slave 4 U”
Britney Spears deixou de lado a inocência em 2001, com o disco “Britney”. Para assinalar a guinada, a cantora pediu um clipe provocante. Recebeu de presente o suado e ofegante “I’m Slave  4 U”, que em três dias já era o mais pedido na MTV.

***

Scatman John
Scatman
Morto em 1999, Scatman John é o nome fantasia do jazzista John Larkin. Gago e bom de scat (improvisão vocal sem uso de palavras), ele aderiu ao techno e vendeu 2 milhões de cópias de Ski-Ba-Bop-Ba-Dop-Bob etc e atingiu o topo do Disk várias vezes. É o Calvin Harris da era pré-download.

***

Jon Bon Jovi
“Blaze of Glory”
A exemplo de “Show Me The Meaning of Being Lonely”, raramente perdia a primeira posição do Disk MTV. Astrid assistiu esse clipe uma centena de vezes. Ou mais.

***

Aerosmith
“Crazy”
O clipe que apresentou Liv Tyler ao mundo foi o campeão do Disk em 1994. Não por acaso. É um clássico.

***

Red Hot Chili Peppers
“Give It Away”
Red Hot Chili Peppers é outra banda que respira Disk. “Give It Away” esteve na parada entre 1991 e 1992. É um dos melhores clipes da história.

***

Faith No More
“Epic”
É quase um ano mais velho que a MTV Brasil, mas caiu nas graças do público. Os efeitos visuais eram, para aquela época (falamos de 1990), incríveis. Outros sucessos do FNM no Disk: Midlife Crisis, A Small Victory, Easy e From Out Of Nowhere.

***

Metallica
“Enter Sandman”
Marcou a primeira fase do Disk MTV e fez do “Fúria Metal” o programa segmentado número um da emissora nos primórdios.

***

Alanis Morissette
“Ironic”
A relação da Alanis com a MTV Brasil é muito especial, como lembramos aqui. Muito dessa sinergia, claro, passa pelo Disk MTV. “Ironic” e “Thank U” reinaram na parada.

***

No Doubt
“Don’t Speak”
Congestionou o 0900 da MTV – sim, o Disk recebia votos pelo 0900 – em 1997.

***

Pet Shop Boys
“Being Boring”
A Alpha FM tinha muitos representantes no Disk: Roxette, Duran Duran, Seal. Todos tocaram muito, mas não chegaram aos pés do Pet Shop Boys.

***

Claudinho & Buchecha
“Conquista”
Funk no Disk? Sim. A dupla Claudinho & Buchecha foi presença constante no Disk no fim da década de 1990.

***

Oasis
“Wonderwall”
A exemplo da Madonna, o Oasis tem 100% de aproveitamento no Disk MTV. Tudo que saiu entrou na parada.

***

Beastie Boys
“Sabotage”
Era bom e era popular. Muuuuito bom e muuuuuuuuito popular.

***
Siga o Teleguiado no Twitter.

Mais Lidas