Conecte-se conosco

Televisão

Vídeo: o “hoje não, hoje não” de Téo José

Em entrevista ao “The Noite”, Téo José relembrou o dia em que o indefectível bordão “Não perde mais” falhou. O episódio aconteceu em julho de 1999, nas 500 milhas de Michigan.

O narrador conta que os compactos da Fórmula Mundial eram gravados ao vivo, para depois a produção fazer os cortes das bandeiras amarelas e das voltas frias. Téo estava preparado para narrar a primeira vitória de Max Papis, piloto italiano que surpreendeu meio grid com uma estratégia ousada nos pits.

Papis abriu a última volta na liderança da corrida. A ousadia, porém, custou caro. Faltando menos de 1 milha para a bandeirada, o combustível disse adeus. Tony Kanaan, que estava mais de 3 segundos atrás, ultrapassou a poucos segundos do fim e recebeu a bandeirada em primeiro lugar.

Téo José foi convidado a regravar a volta final. Sábio, ele preferiu manter a emoção da narração original.

É o “hoje não, hoje não” do Téo, registrado três anos antes do original e com um detalhe fundamental: a vitória de um piloto brasileiro.

Mais Lidas