Conecte-se conosco

Televisão

Vídeo: “Fantástico” mente para o público em nota sobre o caso Suzy

O “Fantástico” mentiu para o público na noite deste domingo, 8 de março. Para justificar a trapalhada no caso Suzy dos Santos, a revista eletrônica deu a entender que havia omitido os delitos de todas as transexuais entrevistadas por Drauzio Varella. O problema é: a reportagem, exibida semana passada, revelava a ficha criminal da presidiária Lola – assista ao vídeo abaixo – sem cerimônias.

“Os crimes das entrevistadas não foram mencionados pois este não era o objetivo. Foi divulgada uma estatística geral do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos sobre as presidiárias trans mostrando que 38,5% estão presas por roubo, 34,6% por tráfico, 15,4% por fruto, 7,7% por homicídio e 3,8% por associação para o tráfico”, disse Tadeu Schimdt, ignorando a reportagem de sete dias atrás.

Em nota, Drauzio Varella disse que não faz julgamentos, pois é médico, não juiz. A Globo endossou o posicionamento do médico.

O Teleguiado reitera: o problema não é o abraço de Drauzio em Suzy. É a forma como a mensagem é transmitida. Quem se sentiu enganado pela TV tem motivos de sobra para externar insatisfação.

Caso Fantástico: o problema não é o abraço de Drauzio em Suzy

Mais Lidas