Conecte-se conosco

Televisão

Morre aos 60 anos Gugu Liberato

O apresentador Augusto Liberato, popularmente conhecido como Gugu, faleceu nesta sexta-feira, 22 de novembro, aos 60 anos, na cidade de Orlando (EUA). Ele sofreu um acidente doméstico no dia anterior, quando caiu de uma altura de quatro metros e feriu a cabeça, desencadeando o fim da atividade cerebral.

Gugu era contratado da Record TV e tinha dois compromissos profissionais em dezembro: a final do “Canta Comigo”, competição musical cujos picos de audiência beiravam os 10 pontos na Grande São Paulo, e a gravação do especial “Família Record”.

Natural de São Paulo, Gugu permaneceu a maior parte de sua carreira comandando programas de auditório no SBT. As brincadeiras do “Viva a Noite” e do “Domingo Legal” atingiam a liderança frequentemente, chamando a atenção da TV Globo, que chegou a contratá-lo na década de 1980. A transferência, no entanto, nunca foi consumada – Silvio Santos, receoso com os problemas de saúde que o cercavam à época, viajou para o Rio de Janeiro para negociar a liberação do pupilo e firmá-lo como seu sucessor nas tardes de domingo.

No SBT, Gugu apresentou desde a “Sessão Premiada” até o “TV Animal”. Seus maiores sucessos foram o “Viva a Noite”, que deixava a Globo mais de 20 pontos atrás do SBT no ibope, e o “Domingo Legal”, primeiro programa de auditório a mesclar entretenimento e jornalismo – o tal “showrnalismo”. As coberturas das rebeliões do Carandiru e da morte do grupo Mamonas Assassinas renderam picos de quase 50 pontos, acirrando o duelo SBT X Globo.

Em 2009, Gugu assinou um contrato com a Record, onde apresentou o “Programa do Gugu” até 2013. Depois de um período sabático, ainda na Record, conduziu os programas “Gugu”, “Power Couple”, “Família Record” e “Canta Comigo”.

A família vai informar futuramente o local do velório e do sepultamento de Gugu.

Mais Lidas