Conecte-se conosco

Televisão

Ex-jogadores salvam cobertura do incêndio do CT do Flamengo

A cobertura do incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo serviu para valorizar a presença dos ex-jogadores de futebol nos canais especializados em esporte.

Se o SporTV perdeu a linha ao explorar a imagem da retirada dos corpos dos atletas, fez muito bem ao ampliar o espaço de Grafite no “Troca de Passes”. Excelente comentarista tático, o ídolo do Wolfsburg pôde compartilhar as memórias de aspirante e assinalar as obviedades ignoradas pelos colegas diplomados: os alojamentos dos clubes não são exemplares. Nunca foram.

ESPN e Fox Sports ofereceram leituras mais humanas do desastre. Debora Gares e Daniela Boaventura acompanharam o caso in loco desde as primeiras horas da sexta-feira e em nenhum momento aderiram ao sensacionalismo e às teorias conspiratórias, tão comuns nos programas policiais. Do estúdio, Djalminha, Edmundo e Zinho, crias do futebol carioca, pontuaram os sacrifícios e a dor das mães das vítimas. Afinal, são elas que precisam de força, como bem assinalou Fabio Luciano durante o “Futebol na Veia” de sábado.

Outrora criticados, os ex-atletas hoje são indispensáveis para qualquer transmissão de rádio ou TV.

Mais Lidas