Conecte-se conosco

Televisão

Arte1 lança plataforma inspirada na Netflix

Primeiro e único canal brasileiro dedicado inteiramente à arte, o Arte1 lançou na última segunda-feira, dia 5 de novembro, a sua plataforma inspirada na Netflix: o Arte1 Play.

O serviço, que funciona como uma segunda janela de exibição da programação do canal, disponibiliza no lançamento mais de 650 vídeos entre séries, concertos, espetáculos, filmes, documentários e biografias. O conteúdo abrange dança, música, artes visuais, literatura, teatro, cinema, design, moda, arquitetura e fotografia.

“O ativo de um canal é seu conteúdo, sua produção própria. Esse ativo tem que estar disponível em todas as plataformas a qualquer hora. O Arte1, desde sua criação, sempre teve a premissa de ser um canal formador de plateia”, afirma o diretor executivo do Arte1, Caio Carvalho.

Entre o acervo oferecido, destaque para os programas de maior repercussão do canal: as duas temporadas de “Arte na Fotografia”, o primeiro reality de fotografia da TV brasileira, apresentado por Thalma de Freitas, com os fotógrafos Cláudio Feijó e Éder Chiodetto como mentores. E os oitos episódios de “Poesia e Prosa”, em que Maria Bethânia propõe resgatar a arte de declamar poemas e debater as obras de grandes nomes como Clarice Lispector, Guimarães Rosa, Vinicius de Moraes, Ariano Suassuna e Carlos Drummond de Andrade.

Longas-metragens ficcionais como “O Som ao Redor” (2012), de Kleber Mendonça Filho, “A Grande Beleza” (2013), de Paolo Sorrentino, “Renoir” (2013), de Gilles Bourdos, “Branco Sai, Preto Fica” (2014), de Adirley Queirós, “Um Pombo Pousou num Galho Refletindo sobre a Existência” (2014), de Roy Andersson, dentre outros, também estão disponíveis.

Documentários como “Paul Gauguin” (2017), “Rita Hayworth” (2014), “Maria Callas e Tosca” (2017) e “O Legado de Alexander McQueen” (2015) compõem a programação do canal e entram no catálogo.

O Arte1 Play inclui ainda apresentações de grandes nomes do jazz como Chuck Berry, Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan, Duke Ellington e concertos de Ryuichi Sakamoto e Lang Lang.

No serviço on demand também ficam disponíveis as produções próprias semanais “Arte1 Em Movimento” (revista com uma seleção do melhor que acontece em cada segmento),  “Estilo Arte1” (mapeia as tendências em arquitetura, design, moda e alta gastronomia), “Arte1 ComTexto” (o jornalista e crítico literário Manuel da Costa Pinto recebe personalidades do mundo dos livros), “Especial Arte1” (depoimento intimista de protagonistas de cada área artística) e “Magazine Arte1 com The New York Times” (apresentado por Marina Person, marca uma parceria inédita entre o canal e um dos grupos editoriais mais respeitados do mundo).

“Recebemos constantes comentários em nossas redes sociais de pessoas pedindo para assistir aos conteúdos em horário alternativo após sua exibição pelas operadoras e queremos priorizar esse atendimento”, conclui Caio Carvalho.

Desenvolvido com a tecnologia de vídeos da SambaTech, o Arte1 Play terá sempre um conteúdo disponível gratuitamente. Para acesso ilimitado ao serviço, a assinatura custa R$7,99 por mês.

Mais Lidas