Conecte-se conosco

Sociedade

Igreja evangélica que deve 144 milhões ao Fisco promete “cura” do coronavírus na TV

Com R$ 144 milhões acumulados em débitos inscritos na dívida ativa da união e dois processos em curso do Carf, a Igreja Internacional da Graça de Deus prometeu, em culto transmitido pela TV no fim de março, a cura do coronavírus.

Na pregação, realizada no programa “S.O.S da Fé”, o evangélico diz usar “a autoridade” de Deus para mandar a enfermidade ao inferno.

“Mal, é uma ordem! Pega tudo o que é seu agora e vá embora! Eu exijo! Desapareça! Solte essa vida agora. Eu estou mandando! Coronavírus, vá para o inferno. Largue essa pessoa agora (…) Em nome de Jesus Cristo, vá embora! Acabou! A bênção chegou e todo mal está desfeito em nome de Jesus Cristo!”, ordena.

“Pois faça agora tudo o que você não podia fazer pois Deus o operou em nome de Jesus de Nazaré”, finaliza.

O vídeo está disponível AQUI.

Em tempo: o Estadão informou, na edição desta quinta-feira, que Jair Bolsonaro está pressionando a Receita Federal a perdoar dívidas tributárias da Igreja Internacional da Graça de Deus.

Alguns milagres só são operados por canetas presidenciais, afinal.

Mais Lidas