Assuntos: Sociedade

A prostituição cultural do bolsonarismo

Frame da esquete “jornalista da Folha”

O teatrinho de quinta categoria da CPMI das Fake News inspirou o “Canal Hipócritas” a gravar uma esquete comparando as jornalistas da Folha de São Paulo a prostitutas. Sob o originalíssimo mote “eu preciso de um furo”, o casting reserva de “Brida” passa dois minutos repetindo o ideário anti-imprensa do Palácio do Planalto. De engraçado, mesmo, só o esforço dos produtores em reproduzir a estética do ultracomunista “Porta dos Fundos”, inimigo mortal da ultradireita ultrajovem.

Ninguém discute a autoridade de certos bolsominions sobre o tema do vídeo. Em um passado não muito distante, esses mesmos humoristas aceitaram se associar a Joice Hasselmann, ex-rainha do gado, para produzir vídeos pró-Bolsonaro. “Programa” completo, portanto. O problema é que o negócio da tropa do meme não é fazer rir. É difundir narrativas que interessam à elite política do país. É reproduzir o humor a favor incensado por Dilma Bolada e outros bobos da corte no passado.

Olavo de Carvalho, guru ideológico do bolsonarismo, nunca admitiu a redução da alta cultura “a instrumento do engodo revolucionário”. Ironicamente, hoje ele colhe os frutos dos parasitas que confundem comédia com tragédia. E liberam todos os furos em troca de alguma visibilidade.

Publicado por
Leandro Sarubo

Últimas Notícias

  • Televisão

William Bonner diz que fraude envolvendo filho foi tentativa de assassinato de reputação

William Bonner disse, em entrevista ao "Conversa com Bial", que a inscrição de Vinicius Bonner,… Leia mais

%s dias atrás
  • Imprensa

Furacão Leo Dias

Leo Dias sabe agitar uma quarentena. De março para cá, o colunista pediu demissão da… Leia mais

%s dias atrás
  • Imprensa

Folha e Globo deveriam ter abandonado cobertura no Palácio da Alvorada muito antes

A partir de amanhã, jornalistas de Folha e Globo estarão livres das ameaças físicas e… Leia mais

%s dias atrás
  • Imprensa

Globo e Folha pedem segurança contra bolsonaristas e suspendem cobertura no Palácio da Alvorada

A Folha e a Globo decidiram na noite desta segunda-feira que não enviarão mais jornalistas… Leia mais

%s dias atrás
  • Sociedade

Guilherme de Pádua, um bolsominion de conduta

Condenado a 19 anos de prisão pela morte de Daniela Perez, o bolsominion Guilherme de… Leia mais

%s dias atrás
  • Sociedade

Guilherme de Pádua, o bolsominion que deseja mudar o Brasil

Condenado a 19 anos de prisão pela morte da atriz Daniela Perez, Guilherme de Pádua… Leia mais

%s dias atrás