Conecte-se conosco

Sociedade

Léo Lins faz festa para comemorar 20˚show censurado no Brasil

O humorista Léo Lins realizou uma festa para comemorar o 20˚ show censurado da turnê “Bullying Arte”. Depois de Barretos, São João de Rei, São Paulo, Birigui, Penápolis, Ponte Nova, João Pessoa, Ouro Preto, Conselheiro Lafaiete, Barbacena, Campo Grande, Visconde do Rio Branco, Jacareí, Teresina, Campina Grande, Juazeiro, Boa Vista, Santarém e Capivari de Baixo, foi a vez de Espírito Santo do Pinhal entrar no rol das cidades mais truculentas do país.

“O show em Espírito Santo do Pinhal foi cancelado pelo presidente da câmara, que também está usando sua influência para que nenhum outro local receba o meu espetáculo. A Diretora de Cultura Ana Tereza de Castro Leite se negou a fornecer um documento oficial que notifique oficialmente que o cancelamento veio por ordem do executivo municipal. Mesmo meu produtor expondo a situação e dizendo que há patrocinadores envolvidos, ela cancelou minha apresentação alegando que as regras mudaram. Ver políticos se retorcerem para impedir meu show me traz muita alegria!”, escreveu o comediante.

O Teleguiado acompanha a saga de Léo Lins desde a criação de “Bullying Arte”, em 2016. Em Conselheiro Lafaiete, cidade do interior de Minas, o filho de um ex- vereador fez ameaças de morte ao comediante.

Mais Lidas