Conecte-se conosco

Sociedade

“Filho de Lula” não justifica atos de Flávio Bolsonaro

O Estadão, anteontem, revelou que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras apontou movimentações atípicas na conta de um ex-assessor do vereador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro. A Veja, ontem, mostrou que o tal ex-assessor recebeu depósitos polpudos de outros seis assessores de Bolsonarinho.

Os eleitores antipetistas não gostaram das reportagens e, a exemplo de Onyx Lorenzoni, saíram distribuindo caneladas por aí. O argumento mais frequente, como não poderia deixar de ser, é: “e o filho do Lula?”.

Veja e Estadão reviraram a vida dos filhos de Lula por mais de dez anos. Mesmo que não tivessem revirado, fica a pergunta: a família do Lula é a régua moral do Brasil? Os filhos dele servem de parâmetro para o que devemos e o que não devemos fazer?

Mais Lidas