Conecte-se conosco

Rádio

Jovem Pan demite Rodrigo Constantino e divulga nota em defesa de Mariana Ferrer

A Jovem Pan demitiu Rodrigo Constantino. A decisão, oficializada na tarde desta quarta-feira, é uma resposta à péssima repercussão da live “Eleição americana apertada, estupro culposo e punho cerrado” e dos tweets do comentarista a respeito do caso Mariana Ferrer.

A emissora, em nota oficial distribuída à imprensa e reproduzida na abertura do “3 em 1” de hoje, alega que “tem como premissa a liberdade de expressão e o amplo debate entre seus comentaristas”, mas que “desaprova veementemente todo o conteúdo publicado nos canais pessoais de Constantino”.

“No caso de Mariana Ferrer, defendemos que a vítima não deve ser responsabilizada pelos atos de seu agressor, apesar do respeito que todos nós devemos ter às decisões judiciais”, resume a direção.

Inicialmente, Constantino atribuiu a demissão a uma campanha difamatória idealizada pela esquerda. Confrontado pela nota oficial, disse que seu respeito havia “caído um tantinho”.

Thaís Oyama e Josias de Souza permanecerão sozinhos no “3 em 1” até a contratação de um novo jornalista.

ATUALIZAÇÃO: Correio do Povo, Record e Guaíba também rescindiram seus contratos com Constantino.

Anúncios
Comente

Mais Lidas