Conecte-se conosco

Poder

Chefe da Secom recebe dinheiro de emissoras de TV e agências contratadas pelo governo

A Folha de São Paulo revelou nesta quarta-feira que o chefe da Secom, Fabio Wajngarten, é sócio da FW Comunicação LTDA, empresa presta serviços a emissoras de TV e agências de publicidade que produzem ou veiculam campanhas de secretarias e estatais controladas pelo governo de Jair Bolsonaro.

“De 12 de abril, data em que Bolsonaro nomeou Wajngarten, a 31 de dezembro do ano passado, a Secom destinou à Band 12,1% da verba publicitária para TVs abertas, ante 9,8% no mesmo período de 2018. A Record obteve 27,4% e o SBT, 24,7%. No ano anterior, as duas haviam recebido, respectivamente, 23,6% e 22,5%”, aponta a reportagem.

Fabio Wajngarten disse que não há conflito de interesses nas atividades e que deixou o posto de administrador da empresa em questão. Jair Bolsonaro, questionado sobre a apuração da Folha, preferiu encerrar a entrevista coletiva que era concedida à imprensa. Em nota, a Secom disse que o jornalismo da Folha tem inveja do “sucesso do governo”.

Anúncios
Comente

Mais Lidas