Conecte-se conosco

Poder

Força-tarefa da Lava Jato afirma ser vítima de “ataque criminoso”

A força-tarefa da “Operação Lava Jato” afirmou, em nota, que foi alvo de um “ataque criminoso” praticado por “um hacker que praticou os mais graves ataques à atividade do Ministério Público, à vida privada e à segurança de seus integrantes”.

LEIA TAMBÉM: Site diz que Sergio Moro dava dicas a Deltan Dallagnol na Lava Jato

“A ação vil do hacker invadiu telefones e aplicativos de procuradores da Lava Jato usados para comunicação privada e no interesse do trabalho, tendo havido ainda a subtração de identidade de alguns de seus integrantes. Não se sabe exatamente ainda a extensão da invasão, mas se sabe que foram obtidas cópias de mensagens e arquivos trocados em relações privadas e de trabalho”, descreveu.

“Há a tranquilidade de que os dados eventualmente obtidos refletem uma atividade desenvolvida com pleno respeito à legalidade e de forma técnica e imparcial, em mais de cinco anos de Operação”, completou.

Mais Lidas