Conecte-se conosco

Livros & HQ

Fornecedores que romperam com a Livraria Cultura receberão apenas 30% dos pagamentos pendentes

O plano de recuperação judicial da Livraria Cultura é especialmente amargo para os fornecedores que cansaram dos problemas de caixa e deixaram de abastecer as lojas da rede durante a crise. Segundo a Publish News, esses credores receberão apenas 30% dos pagamentos pendentes – e em parcelas trimestrais que começarão a ser neutralizadas em 2021.

A ideia da Livraria Cultura é quitar todas as dívidas até 2033, dar fôlego ao caixa da companhia e ampliar o número de unidades nas capitais. O voto de confiança, como classificou o Estadão em reportagem recente, custa R$ 285 milhões.

Mais Lidas