Conecte-se conosco

Imprensa

Ataque grosseiro do Terça Livre pautou reportagem do Estadão sobre bolsonaristas

O Estadão não publicaria a Lista de Schindler do bolsonarismo se o Terça Livre não tivesse trocado os pés pelas mãos e atacado gratuitamente a repórter Constança Rezende, autora da reportagem sobre os embalos de Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz no COAF.

Dos principais jornais do país, o Estadão sempre foi o mais tolerante às trapalhadas do governo federal. Tudo continuaria na mais santa paz se a comídia (alô, Supla!) independente pensasse mais e agisse menos.

Pelo tamanho da canelada, a rede jacobina tem mais é que levantar as mãos para os céus e celebrar a sobriedade do Estadão. A Folha seria muito mais incisiva no revide.

Mais Lidas