Conecte-se conosco

Humor

Gustavo Mendes diz que sofria censura do público quando imitava Dilma Rousseff

O comediante Gustavo Mendes disse, na edição de quarta-feira do “Pânico”, que sofria censura do público ao imitar Dilma Rousseff.

“As pessoas [nas redes sociais] estavam com ódio do inimigo público, que era a Dilma, e não tinham acesso a ela, tinham acesso a mim. Quem era contra a Dilma achava que eu era a favor. Quem era a favor da Dilma achava que eu era contra. Eu tinha o ódio de todo mundo e o amor de ninguém”.

A censura do público é mesmo um problemão. Ronald Rios, talento da mesma dimensão de Gustavo Mendes, passou pelo mesmo apuro.

Coisa de país ignorante, suponho.

Mais Lidas