Conecte-se conosco

Cinema

Cinema mira em Suzane Richtofen e acerta em Avril Lavigne

Os cinemas brasileiros abrigarão, nos próximos meses, dois filmes sobre o caso Suzane Von Richtofen: “A menina que matou os pais”, em que a história é contada sob o ponto de vista de Suzane, e “O menino que matou os pais”, este atrelado ao olhar de Daniel Cravinhos.

O Teleguiado torce pelo sucesso de ambos os projetos, mas lança uma questão: por que a personagem Suzane está a cara da Avril Lavigne na cena do julgamento (imagem que abre o post)? Ela ouvia muito “Nobody´s Home”? É uma camada extra da personagem? Ou o pessoal errou a mão mesmo?

Anúncios
Comente

Mais Lidas