Conecte-se conosco

Cinema

Bill Cosby se declara preso político e se compara a Nelson Mandela

Condenado a três anos de cadeia por agredir sexualmente a ex-atleta Andrea Constand, Bill Cosby disse à imprensa americana que vive como um preso político e, por isso, não sente remorso dos crimes que cometeu.

“Minhas crenças políticas e minhas ações para tentar humanizar as raças, gêneros e religiões me colocaram neste lugar repleto de cercas de arame farpado”.

No mesmo comunicado, Cosby afirmou que sua cela lembrava “os aposentos de Martin Luther King Jr., Mahatma Gandhi, Nelson Mandela e Randal Robinson e Dr. Benjamin Chavis”.

Anúncios
Comente

Mais Lidas