RSS

teleguiado.com

Conselheiro diz que Marco Antonio Villa contraria objetivos e valores da TV Cultura

O conselheiro Fabio Guimarães, integrante da Fundação Padre Anchieta, afirmou, em uma reunião realizada em agosto de 2017, que o historiador e comentarista político Marco Antonio Villa contraria os objetivos e valores da TV Cultura, principal marca da entidade.

Guimarães disse a Willian Corrêa, diretor de jornalismo da emissora, que Marco Antonio Villa não respeita os deveres estatutários da Fundação Padre Anchieta e age de maneira radical e irresponsável, promovendo acusações que banalizam a análise política e passam para a opinião pública a ideia de que o jornalismo da TV Cultura é de direita ou extrema-direita.

No mesmo encontro, José Gregori, secretário da Mesa Diretora da Fundação Padre Anchieta, criticou a postura de Augusto Nunes no comando do “Roda Viva”.

  • Resumindo, são de Esquerda. E o Villa desde o debate, que não foi debate com o Bolsonaro, anda atacando o cara, sem mais nem menos.

  • Adriano Araujo

    O villa maltrata quemqele não gosta nan foi imparciim com o bolfsonar ,aposto que ele seria muito mais amigável com o lula.

  • Je Suis Harambe

    ou seja, nem o Marco Antonio Vila ou o Augusto Nunes não é favorável a esquerda ou ao tipo de pauta progressista, coisa que a Cultura no decorrer da programação

    esta merda já passou da hora de morrer, eu queria ver a TV Cultura morta

  • Pingback: Ex-diretor da TV Cultura era cobrado por opiniões de Marco Antonio Villa()

  • Sergio De Jesus Vieira

    O Sr. Vila expressa a realidade do país ,onde 90%do políticos ou governantes legisla em causa própria ou de interesses de grupos corporativistas.
    Esquerda , direita ou de centro em sua grande maioria se preocupam com os votos do anafalbetos sociais ,para dar a eles(homens publicos) o passaporte para mutretas e maracutaias do pobre brasil, que dorme em berço esplêndido e uma parte da população tambem culpada passa fome .
    Responda : a saúde vai bem?
    A educação vai bem?
    A segurança vai bem?
    A violência está diminuindo?
    A corrupção é baixa ?
    A infra estrutura é boa?
    O serviço público é de excelência?
    A burocracia ajuda o cidadão comum e de bem?
    Com certeza tudo vai mal e a culpa é de todos nós.
    Como dizia um velho brasileiro cada povo tem os governantes que merecem.
    Infelizmente para mudar o cenário atual, mudanças e algumas radicais devem acontecer, se não continuaremos na esperança que a cada 4 anos está Z .. irá melhorar através de muitos urubus ou ratos de duas pernas(me desculpem os urubus de verdade ou os ratos)possam fazer alguma coisa.

Compartilhe esta notícia