RSS

teleguiado.com

Empresa de Emir Sader recebeu mais de R$ 300 mil da EBC em pouco mais de um ano

Foto: Reprodução/TV Brasil

Foto: Reprodução/TV Brasil

A empresa Sader Assessoria e Participações LTDA, que tem como sócio-administrador o acadêmico Emir Sader, recebeu R$ 308.394,19 da EBC entre 15 de janeiro de 2015 e 24 de fevereiro de 2016.

Elencados no Portal da Transparência, os pagamentos são referentes aos últimos termos-aditivos do contrato de prestação de serviços firmado entre as partes em 2012.

Dois tipos de repasses eram autorizados pelo governo da presidente afastada Dilma Rousseff. Os fixos, “referentes aos custos de consultoria, produção de conteúdo e comentários telejornalísticos”, e os variáveis, “referentes à realização de entrevistas e comentários no território nacional, fora da cidade do Rio de Janeiro” e a gravações realizadas na América Latina.

Comentarista do “Repórter Brasil”, telejornal que reúne mais apresentadores que espectadores, Emir Sader é famoso pelas grosserias postadas nas redes sociais. Em dezembro de 2015, antes da ruptura da chapa PT/PMDB, fez troça da esposa de Michel Temer.

Apesar do fracasso de audiência da TV Brasil, a empresa de Emir consegue negociar a prorrogação da prestação de serviço com invejável facilidade. Graças ao ato de inexigibilidade de licitação, instrumento legal, a EBC contrata quem quiser. Como e quando quiser.

O Portal da Transparência só atualiza uma despesa para a fase “pagamento” quando contabilmente é registrado o documento na conta “Valores Pagos”. Informações extraídas do Portal da Transparência, por meio do site oficial e da assessoria.

O Teleguiado entrou em contato com a EBC no dia 1º de junho para entender como a empresa de Emir presta as contas e o porquê dos valores irreais pagos em alguns meses – os ganhos do professor estão muito acima do padrão dos comentaristas de telejornal. A empresa prometeu um posicionamento no dia 2, mas não respondeu nada até agora.

Em março de 2016, o Diário Oficial da União publicou o sexto aditivo do acordo entre a Sader Assessoria e Participações LTDA. e a EBC. O documento prevê gasto global de até R$ 227.027,89.

Leia também

Compartilhe esta notícia