Conecte-se conosco

Sociedade

Até as crianças da Folha de São Paulo gostam de lacrar

A Folha de São Paulo publicou nesta sexta-feira, Dia das Crianças, perguntas dos pequenos para Fernando Haddad e Jair Bolsonaro. Em meio a questionamentos comuns sobre plantinhas, escorregadores e brigas eleitorais, um chamou atenção deste Teleguiado. Prepare o fôlego e lá vamos nós.

A graça da infância é a inocência. Para as crianças, não faz sentido repelir alguém por causa de cor, raça ou orientação sexual. Existem exemplos aos montes por aí. A menos que a Folha tenha entrevistado a Mafalda ou aquela criança insuportável das fanfics do Facebook, a pequena Giovanna não expressaria sua preocupação de forma tão, digamos, técnica – LGBT é uma sigla um tanto complexa para quem come catota de nariz.

A imprensa acredita piamente que pode tirar votos de Bolsonaro com a bandeira das minorias. Pelo visto, a sova de 46% a 29% no primeiro turno não foi suficiente para abrir o olho dos colegas jornalistas.

Mais Lidas