Conecte-se conosco

Sociedade

O arrastão dos virtuosos é muito top

A sucessão de trapalhadas de Júlio Cocielo, em um país sério, suscitaria um debate sério sobre o profissionalismo dos tais influenciadores digitais e os rumos do jornalismo da publicidade.

Como o Brasil é o que é, a reprovável experiência do youtuber serviu apenas para políticos e ideólogos de quinta categoria fortalecerem ideais de correção política e estabelecerem novos padrões de virtuosismo.

Os carniceiros que fuçam os tweets de Cocielo para esbanjar sabedoria e responsabilidade social são tão ou mais imaturos do que ele. Tão ou mais vulneráveis do que ele. E menos humanos. Muito menos humanos.

Mais Lidas