Conecte-se conosco

Sociedade

Júlio Cocielo vende a alma e culpa programas de humor por tweets antigos

Júlio Cocielo disse, em seu canal no YouTube, que os tweets racistas publicados aos 17 anos são responsabilidade da TV e dos comediantes de stand-up.

“Naquela época, eu postava supostas piadas que eu ouvia em stand-up, no MSN, em blog, em programa de humor. E eu deveria ter, mas não tinha e nem tive, a mínima noção do peso que isso teria hoje. E com isso eu aprendi que o que eu falei não é piada hoje, não é amanhã e nunca tem que ser. A gente tem que evoluir junto com o mundo”.

O nobre youtuber tem todo o direito de “evoluir” um dia depois de perder milhares de reais em contratos publicitários. Não tem, porém, o direito de escrever uma cretinice como aquela de sábado, insistir que a premissa do comentário era a velocidade de Mbappé e culpar os humoristas de verdade, que trabalham na TV e nos teatros Brasil afora, pelos seus atos.

Não sei se Cocielo vai voltar a vender Coca-Cola e tênis Adidas. Sei apenas que ele vendeu a própria alma esta noite.

Mais Lidas