Conecte-se conosco

Sociedade

Juíza decreta prisão preventiva de ex-vereador que agrediu empresário no “Instituto Lula”

A juíza Débora Faitarone, da 1ª Vara do Júri de São Paulo, decretou a prisão preventiva de Maninho do PT e seu filho, Leandro Marinho. Eles respondem pelo crime de tentativa de homicídio duplamente qualificado contra o empresário Carlos Alberto Bettoni, empurrado contra um caminhão em movimento na noite de 5 de abril.

Na decisão, a juíza assinala que os réus em nenhum momento cessaram as agressões e abandonaram o local do crime sem prestar socorro à vítima, como se estivessem certos de uma impunidade “que não veio e não vira”.

“Eles não podem permanecer em liberdade após a prática de um crime doloso contra a vida, praticado de maneira tão covarde”, destaca.

Mais Lidas