Conecte-se conosco

Livros & HQ

“Tons de Clô” cumpre bem a missão de apresentar Clodovil

O distanciamento entre o autor Carlos Minuano e o estilista e apresentador Clodovil Hernandes é o grande trunfo de “Tons de Clô”.

Editado pela Best Seller, o livro cobre a infância de Clodovil, a conturbada relação do “gay de direita” com a causa LGBT, a rivalidade com Dener, a chegada à TV Globo, as brigas com colegas e patrões de Band, Manchete e RedeTV!, a eleição para deputado federal e a comoção em torno de sua morte, estopim de teorias conspiratórias muito curiosas.

Impedido de visitar a mansão de Clodovil em Ubatuba, Minuano compensou o desdém do Instituto Clodovil Hernandes, com pesquisas de acervo – os registros da imprensa escrita e falada do século passado são sempre interessantes, sobretudo pela qualidade do jornalismo praticado naquela época – e declarações dos amigos e inimigos da lente da verdade.

Biografia com pegada de livro-reportagem, “Tons de Clô” é um bom título de um segmento ainda pouco explorado pelo mercado editorial: a história da TV. Vale pelo registro histórico e pela diversão.

Mais Lidas