Conecte-se conosco

Cinema

“O Nome da Morte” coloca Marco Pigossi na pele de matador de aluguel

Karima Shehata

Em cartaz nos cinemas a partir de 2 de agosto, o longa “O Nome da Morte” traz o ator Marco Pigossi no papel de Júlio Santana, matador de aluguel que confessou o assassinato de 492 pessoas e passou apenas uma noite na cadeia. A história, originalmente contada pelo jornalista Klester Cavalcanti, chega aos cinemas com apoio da Globo Filmes e do Telecine.

Com roteiro de George Moura (Redemoinho, Getúlio e Linha de Passe) e direção de Kléber Goldman, a adaptação tenta entender como Santana, um jovem de família pobre e religiosa, se tornou um assassino frio e insensível.

Mais Lidas