RSS

teleguiado.com

Indicados e palpites para o Globo de Ouro 2016

maxresdefault

O Globo de Ouro acontece amanhã, 23 horas, com transmissão via liveblog do Teleguiado.

A edição 2016 tem tudo para ser a mais agitada da história. Não pela qualidade dos indicados, mas pela falta de coerência dos correspondentes estrangeiros, que fizeram suas escolhas com o apoio do globo da Tele Sena.

Os indicados e os palpites estão disponíveis abaixo.

ATUALIZAÇÃO: O tapete vermelho é transmitido a partir das 22 horas. A cerimônia que importa ocorre uma hora depois.

Melhor filme – drama
“Carol”
“Mad Max: Estrada da Fúria”
“O Regresso”
“O Quarto de Jack”
“Spotlight – Segredos Revelados”
Palpite: “Mad Max: Estrada da Fúria” é o melhor (pois é), mas os correspondentes adoram premiar sinopses com a estirpe de “Spotlight”.

Melhor filme – comédia ou musical
“A Grande Aposta”
“Joy: O Nome do Sucesso”
“Perdido em Marte”
“A Espiã que Sabia de Menos”
“Descompensada”
Palpite: Eu deportaria os responsáveis pela indicação de “A Espiã que Sabia de Menos”. O melhor da lista é “Perdido em Marte”, mas um cavalo na sacada de um apartamento faz mais sentido. “Descompensada” e “Joy” são zebras. Sobra “Joy”, que é ruim também. O Globo de Ouro dá desgosto, sinceramente.

Melhor diretor
Todd Haynes (“Carol”)
Alejandro González Iñárritu (“O Regresso”)
Tom McCarthy (“Spotlight – Segredos Revelados”)
George Miller (“Mad Max: Estrada da Fúria”)
Ridley Scott (“Perdido em Marte”)
Palpite: George Miller.

Melhor atriz – drama
Cate Blanchett (“Carol”)
Brie Larson (“O Quarto de Jack”)
Rooney Mara (“Carol”)
Saoirse Ronan (“Brooklyn”)
Alicia Vikander (“A Garota Dinamarquesa”)
Palpite: Cate Blanchett. “Carol” é um ótimo filme, aliás. Ficarei contente se levar a categoria principal (não vai).

Melhor ator – drama
Bryan Craston (“Trumbo: Lista Negra”)
Leonardo DiCaprio (“O Regresso”)
Michael Fassbender (“Steve Jobs”)
Eddie Redmayne (“A Garota Dinamarquesa”)
Will Smith (“Um Homem entre Gigantes”)
Palpite: A lista tem Will Smith, prova maior da tristeza que foi o cinema no ciclo passado. Leonardo DiCaprio merece vencer.

Melhor atriz – comédia ou musical
Jennifer Lawrence (“Joy: O Nome do Sucesso”)
Mellisa McCarthy (“A Espiã que Sabia Demais”)
Amy Schummer (“Descompensada”)
Maggie Smith (“A Senhora da Van”)
Lili Tomlin (“Grandma”)
Palpite: Jennifer Lawrence.

Melhor ator – comédia e musical
Christian Bale (“A Grande Aposta”)
Steve Carell (“A Grande Aposta”)
Matt Damon (“Perdido em Marte”)
Al Pacino (“Não Olhe para Trás”)
Mark Ruffalo (“Sentimentos que Curam”)
Palpite: “A Grande Aposta” é uma decepção, mas bastou para Steve Carrell brilhar novamente. Matt Damon nesta lista é um negócio que nem o Estado Islâmico planejaria.

Melhor atriz coadjuvante
Jane Fonda (“Youth”)
Jeniffer Jason-Leigh (“Os 8 Odiados”)
Helen Mirren (“Trumbo: Lista Negra”)
Alicia Vikander (“Ex_Machina: Instinto Artificial”)
Kate Winslet (“Steve Jobs”)
Palpite: Quanto filme ruim, hein? E eu reclamava de “Crash”. A Jane Fonda vence.

Melhor ator coadjuvante
Paul Dano (“Love & Mercy”)
Idris Elba (“Beasts of no Nation”)
Mark Rylance (“Ponte dos Espiões”)
Michael Shannon (“99 Homes”)
Sylvester Stallone (“Creed”)
Palpite: Gosto muito de “Rocky”, mas vamos ser francos: Sylvester Stallone não pode ser indicado nem na premiação da APCA. Idris Elba é o único que merece vencer.

Melhor filme estrangeiro
“Le Tout Nouveau Testament” (“O Mais Novo Testamento”) – Bélgica
“O Clube” –  Chile
“Miekkailija” (“Esgrimista”) – Finlândia, Alemanha, Estônia
“Cinco Graças” – França
“O Filho de Saul” – Hungria
Palpite: “O Filho de Saul” está 20 degraus acima.

Melhor animação
“Anomalisa”
“O Bom Dinossauro”
“Divertida Mente”
“Snoopy e Charlie Brown – Peanuts, O Filme”
“Shaun, o Carneiro”
Palpite: “Divertida Mente”.

Melhor roteiro
“O Quarto de Jack”
“Spotlight – Segredos Revelados”
“A Grande Aposta”
“Steve Jobs”
“Os 8 Odiados”
Palpite: Spotlight.

Canção Original
“Love Me Like You Do” (“Cinquenta Tons de Cinza”)
“One Kind of Love” (“Love & Mercy”)
“See You Again” (“Velozes e Furiosos 7”)
“Simple Sound #3” (“Youth”)
“Writing’s On The Wall” (“007 contra Spectre”)
Palpite: Love Me Like You Do. Fez muito sucesso e tem tudo a ver com o filme – que eu vi no cinema e, prometo, um dia escreverei sobre.

Melhor série de drama
“Empire”
“Game of Thrones”
“Mr. Robot”
“Narcos”
“Outlander”
Palpite: “Game of Thrones”, mas “Narcos” é a campeã moral. Lembrando que: “The Affair”, vencedora de 2015, sumiu. E “Mad Men” foi ignorada. 

Melhor série de comédia ou musical
“Casual”
“Mozart in The Jungle”
“Orange Is the New Black”
“Veep”
“Silicon Valley”
“Transparent”
Palpite: “Silicon Valley”. Dica forte: evite as duas primeiras da lista. Veja só as outras quatro, que são ótimas.

Melhor minissérie ou filme feito para a TV
“American Crime”
“American Horror Story”
“Fargo”
“Flesh and Bone”
“Wolf Hall”
Palpite: “Fargo” concorre sozinha, aparentemente.

Melhor ator em série dramática
Jon Hamm – “Mad Men”
Rami Malek – “Mr. Robot”
Wagner Moura – “Narcos”
Bod Odenkirk – “Better Call Saul”
Liev Schreiber – “Ray Donovan”
Palpite: Jon Hamm. É a compensação. Registro que torço muito por Wagner Moura.

Melhor atriz de série dramática
Robin Wright – “House of Cards”
Viola Davis – “How To Get Away With Murder”
Eva Green – “Penny Dreadful”
Taraji P. Henson – “Empire”
Caitriona Balfe – “Oulander”
Palpite: Robin Wright foi muito mal no terceiro ano de “House of Cards”. Não dá pra entender a indicação. Viola Davis leva, apesar de não merecer – ninguém ali merece.

Melhor ator em série de comédia ou musical
Aziz Ansari – “Master of None”
Gael Garcia Bernal – “Mozart in The Jungle”
Rob Lowe – “The Grinder”
Patrick Stewart – “Blunt Talk”
Jeffrey Tambor – “Transparent”
Palpite: Jeffrey Tambor. Impressionante não ter um cidadão de “Silicon Valley”.

Melhor atriz em série de comédia ou musical
Rachel Bloom – “Crazy Ex Girlfriend”
Jamie Lee Curtis – “Scream Queens”
Julia Louis Dreyfus – “Veep”
Gina Rodriguez – “Jane the Virgin”
Lily Tomlin – “Grace & Frankie”
Palpite: Julia Louis Dreyfus.

Melhor ator em minissérie ou filme feito para a TV
Idirs Elba – “Luther”
Oscar Isaac – “Show me a Hero”
David Oyelowo – “Nightingale”
Mark Rylance – “Wolf Hall”
Patrick Stewart – “Fargo”
Palpite: Patrick Stewart.

Melhor atriz em minissérie ou filme feito para a TV
Lady Gaga – “American Horror Story”
Sarah Hay – “Flesh and Bone”
Felicity Huffmann – “American Crime”
Queen Latifah – “Bessie”
Kirsten Dunst – “Fargo”
Palpite: Kirsten Dunst.

Compartilhe esta notícia